Texto | Ah, o meu amor…

“O meu amor me pegou assim, desprevenida, chegou quietinho como se não quisesse nada. Chegou me dando um sorriso, um abraço rápido e dizendo “oi, preciso ir ao banheiro”.

Não tive tempo ainda de falar sobre a sensação que tive e tenho desde que esse mês se passou, se passou tão rápido certos dias, e tão devagar em outros.
Ainda consigo sentir a sua presença na minha cama e me sinto triste ao ir na sala e ver que você não está ali comendo um pote de açaí que preparei e assistindo televisão.

Foram tantas coisas novas, gostos diferentes, cheiros, sensações.. Tantos arrepios, risadas, abraços, brincadeiras.

Que saudade das nossas guerras… Esses dias chorei de saudade, não te contei é claro. Não gosto de demonstrar essa minha dependência. Mas ás vezes é inevitável. Eu não acharia nem um pouco ruim passar o resto da minha vida reclamando de que você está puxando meu cabelo ou está me deixando com falta de ar por causa dos beijos (e sei que ás vezes você fazia de propósito).

Não há dúvidas de que você é o único que preciso, o único que quero.

Agradeço muito por você aguentar minhas paranoias e mesmo assim tirar dúvida de todas elas. Agradeço por você sempre me acordar e já me chamar pra fazer algo com você, e realmente, fazer as coisas sem você não tem graça nenhuma… Não tem graça rir sem você. Não tem graça essa casa sem seu cheiro, sua presença.

O meu cheiro já sumiu de perto de você, mas o seu continua aqui, me torturando. E claro, fico torcendo pra que tudo dê certo e eu te dê aquele turbilhão de amor logo! Sei que você adora, mesmo eu acabando te machucando ás vezes. 

Só quero que saiba que sinto falta de passar meus dias com você, sem você a vida não tem graça pra mim. Sempre vou te amar, meu macaquinho.”

Texto dedicado ao meu namorado em comemoração de um ano e dois meses de namoro. ❤

Anúncios

10 comentários sobre “Texto | Ah, o meu amor…

  1. Parabéns pelo aniversário de namoro, Jess! o/
    Blog tá muito bom, sério! Não tô falando só por falar não! O tema dele é tão legal que eu inclusive vou usar em um futuro blog, hahaha!

    Beijos e obrigado pelos comentários de sempre lá no meu blog! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  2. Nossa! Que lindo. Eu achei emocionante e por alguns momentos achei que se tratava de uma separação, mas surpreendido no fim quando você disse que é em comemoração à um ano de namoro, então eu entendi que é a mínima separação dos corpos que um simples espaço de tempo tira o ar. Eu realmente fiquei tocada.

    Curtido por 1 pessoa

    • HAHAHAHA
      Fico muito contente com esse comentário, até reli meu texto pra ver se enxergo com outros olhos!!

      Que bom que gostou.. Sim, ele longe é uma tortura 😦

      Espero que volte aqui mais vezes ❤

      Curtir

Deixe aqui o seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s