Texto | Fiquei de férias.

Decidi fugir e ir pra um lugar onde não ficasse maluca. Por sorte, fiz isso na hora certa… Só Deus sabe o que aconteceria se eu não viesse pra cá.
É bom respirar sem ter procupações, falar algo sem medo, chorar sem ter vergonha do que vão pensar.
Me senti feliz, querida e que realmente tive atenção. Ás vezes é isso que precisamos mesmo, atenção sem pedir, atenção das pessoas que mais amamos.
Não vou mentir dizendo que foi tudo flores, claro que há trovões e dias cinzentos ás vezes. Mas não foi nada que tenha me impedido de ter acordado melhor no dia seguinte.
Confesso que não sou boa em escrever coisas boas ou um texto feliz. E sei que na maioria dos meus textos eu uso muito o “não sou” ou simplesmente “não”. Pode ser que isso seja tóxico de alguma maneira.
Essa nova realidade é péssima. Voltei pra uma rotina “cinza”, sem meu amor. Não tem nada certo, mas já conto os dias.
Muitas vezes o que me deixa feliz é ver quem eu amo se dando bem e acabo esquecendo de mim.
Deveria bastar, né? Mas para os outros nunca basta e acabo perdendo minhas horas sem fazer nada produtivo pra mim. Apenas tendo orgulho dos outros e ficando pra trás.
Só sei que, a vida sem o amor, não é nada. É real, eu sinto. E muito.

Jéssica Fogaça

*por favor, não faça plágio*

Anúncios

Deixe aqui o seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s